Um Novo Conceito De Jornalismo Esportivo
100% Esporte! 100% focado no leitor! Sem propagandas! O melhor conteúdo do seu time do coração!
EXPERIMENTE POR ATÉ 10 DIAS GRÁTIS

A Bola é Sua. Precisamos Jogar

A Bola é Sua. Precisamos Jogar
Palmeiras gasta para ser protagonista, mas vive de jogo reativo. A temporada palmeirense parece ter começado de fato nos últimos dois jogos. Mesmo que tenha vencido os dois primeiros jogos da Libertadores (perdeu o terceiro para o San Lorenzo), e disputa as semifinais do Campeonato Paulista, o Palmeiras percebeu que a pressão para o confronto do próximo domingo (7), contra o São Paulo, no Allianz Parque, pode ser um divisor de águas na temporada. Isso se dá pela falta de protagonismo do Alviverde nas partidas. Pelo o investimento e os camarões disponíveis para Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras tem a necessidade de assumir a responsabilidade da partida para si, e não viver somente do jogo reativo, como visitante ou mandante. O território não vem sendo imposto para a irritação da torcida nas arquibancadas e redes sociais. O jogador Felipe Pires, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Senesi, do CA San Lorenzo A, durante partida valida pela terceira rodada, fase de grupos, da Copa Libertadores, no Estádio Pedro Bidegain (El Nuevo Gasómetro). Tanto no Morumbi quanto no Nuevo Gasómetro, o time jogou apenas para empatar na maior parte dos mais de 180 minutos jogados contra São Paulo e San Lorenzo. Na Argentina, foi pior. Desde o início, a equipe se “poupou” de jogadas ofensivas e mesmo assim, a linha do meio campo esteve espaçada e nunca alinhada. O maior exemplo disso foi o gol sofrido com tamanha facilidade para o lateral direito, Herrera, na hora da sua finalização da intermediária. O jogador Felipe Melo, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe do CA San Lorenzo A, durante partida valida pela terceira rodada, fase de grupos, da Copa Libertadores, no Estádio Pedro Bidegain (El Nuevo Gasómetro). “Tem coisas que eu não gostei, que eu acho que a gente não […]
MATÉRIA EXCLUSIVA PARA ASSINANTES OU CADASTRADOS
Tenha acesso a esta matéria e a todo o conteúdo do site por até 10 dias grátis. Aqui você encontrará todos os dias, histórias e análises exclusivas do seu time de coração.
Alysson Rodrigues

Alysson Rodrigues

Jornalista com MBA em Mídias Digitais. Passagens por Lance, Rudge Ramos jornal e Bandeirantes. Freelance para ESPN Brasil e no Endzone. Já trabalhou como Assessor de Imprensa e Analista de Mídias Sociais.

error: © O Esportista 2018. Todos os direitos reservados, OK!?