Um Novo Conceito De Jornalismo Esportivo
100% Esporte! 100% focado no leitor! Sem propagandas! O melhor conteúdo do seu time do coração!
EXPERIMENTE POR ATÉ 10 DIAS GRÁTIS

Difícil Compreensão no Elenco

Difícil Compreensão no Elenco
Afinal de contas, por que Rodrygo é reserva no Santos de Jorge Sampaoli? Causa estranheza na torcida do Santos Futebol Clube, e já foi motivo de incontáveis críticas por este que vos escreve aqui mesmo nas páginas de O Esportista, a constante presença do atacante Rodrygo no banco de reservas da equipe alvinegra jogo após jogo. A exceção foi feita no duelo diante do Atlético Goianiense, em jogo que marcou a reabertura da Vila Belmiro após 82 dias fechadas para reformas, e que terminou com vitória do Peixe por 3 a 0 – com direito a um golaço do “raio”. Rodrygo mostrou, no tempo em que esteve em campo, aquilo que todo mundo já estava cansado de saber: Que não pode ficar de fora da equipe titular do Alvinegro Praiano, doa a quem doer. (Foto Flickr oficial do Santos) Então, após nova confirmação sobre algo que já não gerava dúvidas na crônica esportiva e até nos torcedores, fica a pergunta: Afinal de contas, por que Rodrygo é reserva no Santos de Jorge Sampaoli? A resposta para essa questão foi dada pelo próprio “raio”, em entrevista concedida após marcar um gol de placa contra o Atlético Goianiense e ajudar o Santos a carimbar o passaporte para a quarta fase da Copa do Brasil diante do Vasco da Gama. “Entendo a parte do Sampaoli. Quero estar jogando e ser titular, mas como eu vou embora, sei que ele quer um time até o final do ano. Mas sempre que eu estiver por aqui, vou dar dor de cabeça para ele”.Rodrygo, atacante do Santos (Rodrygo – Foto Flickr oficial do Santos FC) A “dor de cabeça” citada por Rodrygo não terá nesse próximo meio de semana, quando será aberta a disputa por uma vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil […]
MATÉRIA EXCLUSIVA PARA ASSINANTES OU CADASTRADOS
Tenha acesso a esta matéria e a todo o conteúdo do site por até 10 dias grátis. Aqui você encontrará todos os dias, histórias e análises exclusivas do seu time de coração.
Paulo Amaral

Paulo Amaral

Paulo Amaral é jornalista formado pela FIAM, em 1995, e tem no currículo passagens pela Revista do Santos, da Editora Escala, pelos jornais Gazeta Esportiva e Agora São Paulo, pela PSN.com, pelo site Gazeta Esportiva.Net, pelo portal R7.com e pelo HuffPost Brasil. Sua grande parcela para fazer essa supermáquina funcionar todos os dias para vocês, internautas, será escrever sobre uma grande paixão: O Santos Futebol Clube, tricampeão da América e bicampeão mundial.

error: © O Esportista 2018. Todos os direitos reservados, OK!?