Um Novo Conceito De Jornalismo Esportivo
100% Esporte! 100% focado no leitor! Sem propagandas! O melhor conteúdo do seu time do coração!
EXPERIMENTE POR ATÉ 10 DIAS GRÁTIS

Grana em Boa Hora no Tricolor?

Grana em Boa Hora no Tricolor?
Éder Militão é vendido ao Real Madrid e São Paulo vai receber uma boa fatia do total da negociação. O zagueiro/lateral Éder Militão, ex-São Paulo e Porto, foi negociado com o Real Madrid pela equipe portuguesa por 50 milhões de euros e o Tricolor tem direito a 13,5% do valor, devido à uma cláusula do contrato firmada entre brasileiros e portugueses. Seria a diretoria são-paulina tão ruim de negócios assim? Bom, em vários aspectos os mandatários tricolores são extremamente criticados por suas posturas em relação ao Departamento de Futebol do clube – e com razão – principalmente definições que tangem questões técnicas dentro de campo. (Leco – Arte Ilustrativa O Esportista) No entanto, após longo período de teimosia, detalhes detectados há muito tempo pela torcida estão sendo solucionados, como por exemplo, a tentativa de acabar com a panelinha criada por alguns atletas mais experientes. Diego Souza foi o primeiro a deixar o ambiente mais “limpo” e Nenê pode ser o segundo a sair e abrir caminho para Cuca trabalhar tranquilamente. Isso, se essas negociações pontuais já não forem pedidos do novo técnico do São Paulo, que começa a trabalhar no mês que vem. (Cuca – Foto Rubens Chiri SPFC) Sem dinheiro em caixa, o Tricolor tentou Keno e Tchê Tchê, jogadores conhecidos por Cuca, pois já trabalharam juntos no Palmeiras e são muito bem quistos pelo treinador. As negociações não avançaram justamente pela questão financeira imposta por seus clubes atuais. Com esse dinheiro a receber pela venda de Éder Militão, o que fazer?! Os dois pedidos de Cuca viriam para suprir setores frágeis da equipe: as pontas e o meio campo, na faixa dos volantes. Hudson e Jucilei são muito criticados pelos torcedores devido à lentidão e má fase ininterrupta dentro de campo. O primeiro chegou a ser capitão por […]
MATÉRIA EXCLUSIVA PARA ASSINANTES OU CADASTRADOS
Tenha acesso a esta matéria e a todo o conteúdo do site por até 10 dias grátis. Aqui você encontrará todos os dias, histórias e análises exclusivas do seu time de coração.
Marcio Papi

Marcio Papi

Marcio Papi Martinez é formado em jornalismo pela FIAM e tem passagens na TV Bandeirantes, BandSports e pela ESPN Brasil e Internacional. Na Band, foi estagiário internacional, editor de texto do Jornal da Band, produtor e coordenador da Fórmula Indy, editor de texto do Jogo Aberto e Coordenador do Esporte na Band Rio - onde era responsável pelas transmissões de eventos e coordenador de transmissões esportivas. No Bandsports, foi editor-chefe do Bandsports Football, programa sobre a NFL, editor-chefe do SuperMotor, programa de esportes a motor e coordenador de transmissões. Na ESPN, foi Editor-chefe do Sportscenter notícias, do The Book is on The Table (programa de esportes americanos), editor de texto de esportes olímpicos, além de se tornar Gerente de Produto da NBA e de Futebol Internacional. Experiência em coberturas "in Loco" de Finais da NBA, dois Super Bowls, e partidas da Champions League, com uma final no currículo, em Berlim.

error: © O Esportista 2018. Todos os direitos reservados, OK!?