Um Novo Conceito De Jornalismo Esportivo
100% Esporte! 100% focado no leitor! Sem propagandas! O melhor conteúdo do seu time do coração!
EXPERIMENTE POR ATÉ 10 DIAS GRÁTIS

Libertadores no ar, vitória necessária

Libertadores no ar, vitória necessária
Palmeiras encara o Junior Barranquilla, da Colômbia, em casa, para tentar retomar a liderança do Grupo F e espantar a má fase. Sem gols não há como vencer. Posto isso, o Palmeiras não reconhece o sabor de uma vitória há três partidas, pois não balançou as redes adversárias nos dois duelos pela semifinal do Paulistão, contra o São Paulo, onde foi eliminado, e contra o San Lorenzo, na derrota por 1 a 0, na Argentina, pela Libertadores da América. A última vez que o Verdão ficou neste jejum de gols foi em 2015, ao empatar com o Joinville (0x0) pelo Brasileirão, na derrota para o Goiás (1×0) também pelo Campeonato Brasileiro daquele ano e no empate em contra o ASA (0x0) pela Copa do Brasil. Caso não marque na partida desta noite contra o Junior, o Palmeiras iguala a série de 4 jogos sem gols de 2014, onde a equipe quase acabou rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro. À época, dirigido por Dorival Júnior, o time ficou sem anotar gols contra o Atlético-MG – 33ª rodada, na derrota por 2×0; contra o São Paulo – 34ª rodada, em outra derrota por 2×0; contra o Sport – 35ª rodada, mais um revés por 2×0 e contra o Coritiba – 36ª rodada, em outra derrota por 2×0. (Dorival Junior em 2014 – Foto Divulgação) É claro que a comparação é extrema, pois a equipe vivia em uma situação diferente, mas é necessário ressaltar sim que existe uma má fase no clube hoje, pois, com o elenco recheado de atletas acima da média que tem em mãos, Luiz Felipe Scolari deveria fazer muito mais em termos de resultados. Podemos queimar a língua se o Verdão vier a conquistar títulos, mas, se continuar atuando como agora, dificilmente será campeão. Está evidenciado que […]
MATÉRIA EXCLUSIVA PARA ASSINANTES OU CADASTRADOS
Tenha acesso a esta matéria e a todo o conteúdo do site por até 10 dias grátis. Aqui você encontrará todos os dias, histórias e análises exclusivas do seu time de coração.
Marcio Papi

Marcio Papi

Marcio Papi Martinez é formado em jornalismo pela FIAM e tem passagens na TV Bandeirantes, BandSports e pela ESPN Brasil e Internacional. Na Band, foi estagiário internacional, editor de texto do Jornal da Band, produtor e coordenador da Fórmula Indy, editor de texto do Jogo Aberto e Coordenador do Esporte na Band Rio - onde era responsável pelas transmissões de eventos e coordenador de transmissões esportivas. No Bandsports, foi editor-chefe do Bandsports Football, programa sobre a NFL, editor-chefe do SuperMotor, programa de esportes a motor e coordenador de transmissões. Na ESPN, foi Editor-chefe do Sportscenter notícias, do The Book is on The Table (programa de esportes americanos), editor de texto de esportes olímpicos, além de se tornar Gerente de Produto da NBA e de Futebol Internacional. Experiência em coberturas "in Loco" de Finais da NBA, dois Super Bowls, e partidas da Champions League, com uma final no currículo, em Berlim.

error: © O Esportista 2018. Todos os direitos reservados, OK!?