Um Novo Conceito De Jornalismo Esportivo
100% Esporte! 100% focado no leitor! Sem propagandas! O melhor conteúdo do seu time do coração!
EXPERIMENTE POR ATÉ 10 DIAS GRÁTIS

Nó Tático

Nó Tático
As incertezas sobre como funciona a cabeça do técnico de Jorge Sampaoli. Você já ouviu falar na expressão “nó tático” no futebol? Se não ouviu, tem obrigação de assistir ao jogo entre Grêmio e Santos, que marcou a estreia das duas equipes no Campeonato Brasileiro de 2019 e que rolou no domingo, às 11 horas da manhã, na capital gaúcha. O técnico argentino Jorge Sampaoli surpreendeu jornalistas, gremistas e, principalmente o treinador rival, Renato Gaúcho, com uma escalação totalmente inesperada. O resultado: vitória por 2 a 1 sobre o Tricolor Gaúcho, na arena do rival. (Foto Flickr oficial do Santos FC) Sampaoli trocou nada menos do que cinco jogadores considerados titulares, além de alterar a forma de a equipe jogar. As mexidas, que a princípio apenas Sampaoli entendeu, surpreenderam a todos e deram ao Santos uma consistência que há tempos o time não apresentava fora de casa. O time entrou em campo sem Alison, Carlos Sánchez, Jorge, Rodrygo e Derlis González, a princípio titulares incontestáveis. Atuou com três zagueiros – Lucas Veríssimo como grande novidade – e com um meio-campo mais leve.Coeso e seguro no setor defensivo, veloz na transição (principalmente graças à entrada de Jean Lucas) e com um ataque calibrado na pontaria, o Santos foi merecedor do que construiu, especialmente nos 45 minutos iniciais. As surpresas encaixaram-se perfeitamente no estilo de jogo do Grêmio e deram ao Santos a possibilidade de abrir 2 a 0 no primeiro tempo. No segundo, brilhou a estrela de Vanderlei, o escolhido por Sampaoli para ser o titular do gol do Peixe. E os três pontos importantes voltaram na bagagem. (Vanderlei – Foto Flickr oficial do Santos FC) “Sobre as mudanças, tem de ver os atletas preparados para cada partida. O plantel que a gente tem, temos 25 jogadores preparados para jogar. Hoje […]
MATÉRIA EXCLUSIVA PARA ASSINANTES OU CADASTRADOS
Tenha acesso a esta matéria e a todo o conteúdo do site por até 10 dias grátis. Aqui você encontrará todos os dias, histórias e análises exclusivas do seu time de coração.
Paulo Amaral

Paulo Amaral

Paulo Amaral é jornalista formado pela FIAM, em 1995, e tem no currículo passagens pela Revista do Santos, da Editora Escala, pelos jornais Gazeta Esportiva e Agora São Paulo, pela PSN.com, pelo site Gazeta Esportiva.Net, pelo portal R7.com e pelo HuffPost Brasil. Sua grande parcela para fazer essa supermáquina funcionar todos os dias para vocês, internautas, será escrever sobre uma grande paixão: O Santos Futebol Clube, tricampeão da América e bicampeão mundial.

error: © O Esportista 2018. Todos os direitos reservados, OK!?